6 Dicas para Cuidar do seu Pet no Calor

6 Dicas para Cuidar do seu Pet no Calor

Em dias de temperatura elevada costumamos usar roupas leves, consumir refrescos e utilizar vários métodos para diminuir a sensação de mal-estar causado pelo calor. Mas como tornar o dia de seu cachorro ou gato mais confortável? Nós do Meu Amigo Pet ajudaremos nesta tarefa! 

 

1 – Conheça bem a raça do cachorrinho ou gato que você cuida

huskygeladeira

O cachorro resfria o corpo através da língua e focinho, porém certas raças com o focinho achatado (caso do Pug e Buldogue Inglês) têm mais dificuldades de controlar a temperatura, precisando de maior atenção à troca de água fresca, entre outros. Algumas espécies também tem a pele e pelagem adaptadas para o frio, possuindo uma camada de gordura extra que pode causar superaquecimento corpóreo (caso do Bernese, Chow Chow e Gatos Persas). A tosa se torna mais que necessária, afinal, é mais importante o bem-estar do pet neste tempo que a beleza de seus longos pelos;

 

2 – Água é sempre a melhor ajuda
bebendo-agua

Mantenha potes de água fresca sempre disponível e reabasteça constantemente o bebedouro. Em períodos assim, recomendamos utilizar gelo para brincadeiras, entre outras tarefas, permitindo que o pet se refresque com os cubinhos;

 

3 – Porém não exagere no banho

tomando-banho

Molhar e deixar bacias para o conforto do animal diariamente é ótimo, mas banho completo com produtos específicos deve ser dado apenas uma vez por semana;

 

4 – Evite passeios em certos horários de calor

botinha

Estimule exercícios físicos mais frescos, como em piscinas, por exemplo. Passear é recomendado apenas antes das 10 a.m. e após as 16 p.m. dando preferência à lugares com grama. Caso o pet precise usar focinheiras, opte por modelos arejados para não comprometer a refrigeração do corpo animal;

 

5 – Não esqueça o filtro solar
protetor-solar

Isso mesmo, existem protetores solar especiais, principalmente para animais de pelagem clara e vale muito a pena para a prevenção de câncer de pele;

 

6 – Saiba qual é a temperatura ideal

linguinha

Caso note um comportamento estranho ou mudança na cor da língua, use um termômetro para medir a temperatura retal. Em cães a variação deve ser de 38ºC a 39,2ºC e em felinos 37,8ºC a 39,2ºC. Fora a este padrão, procure urgentemente um médico veterinário.

 

Dica extra: Aves e Roedores

Deixe um recipiente para a ave se molhar quando tiver vontade, mas no caso de roedores, a única solução para o calor é mantê-lo em local arejado, fresco e protegido da luz solar, pois não seu organismo não é adaptado para contato com água.

 

Referência de Imagens:
Husky na GeladeiraBebendo Água, Cachorro no Banho, Passeio com Chão QuenteCachorro Tomando Sol, Cachorrinho com Lingua de Fora

Principal Fonte de Pesquisa:
Web AnimalBolsa de Mulher

 

post8_fase1

Baixe nosso Aplicativo Pet Passeio e programe-se para aproveitar o melhor da vida com seu amiguinho de estimação!

Disponível, gratuitamente, em: Android e iOS!


Anterior: Outubro Rosa Pet: Aprenda a fazer “Autoexame” Próximo: Animais em Esculturas Realistas de Jornal