Vacinas indispensáveis para seu pet

Os cuidados com o pet vão além de alimentar, brincar, passear e dar banho. A saúde do pet deve ser item essencial na lista de preocupação dos PetManíacos. E é impossível falar de saúde do pet sem falar em vacinas.

Vacinar o pet é importante não só para o pet, mas também para a saúde da família. Primeiro, o dono precisa entender que não existe um único ciclo de vacinação, quem vai definir o período das vacinas é o veterinário.
Se o pet foi amamentado pela mãe, a vacinação pode ocorrer, em média, 30 dias depois do nascimento do pet.

Caso o pet tenha desmamado cedo, a vacinação deve acontecer entre 45 e 60 dias depois do nascimento, de acordo com a preferência do veterinário. Isso acontece porque o leite materno tem poderes de fortalecer o pet, assim como acontece com os humanos. Confira agora uma seleção das principais vacinas para o seu pet:

Cães

A primeira a ser aplicada nesse pet é a óctupla, que ajuda a prevenir oito doenças: cinomose, hepatite infecciosa, parainfluenza, parvovirose, coronavirose e dois agentes da leptospirose. Além disso, o mesmo vírus que previne hepatite também funciona para prevenir canis no pet.

Gatos

No caso dos gatos, a vacina é quádrupla, combatendo: rinotraqueíte, calicivirose, clamidiose e panleukopenia, todas essas doenças infecciosas graves que podem causar muito mal ao pet. A vacina dos gatos deve ser reforçada, sendo três doses no total, com intervalos de 30 dias entre elas.

Além dessas vacinas específicas, o pet deve receber a antirrábica, que previne raiva, uma doença muito perigosa que pode ser passada para os humanos e é mortal, tanto para pessoas, quanto para o pet.

É preciso consultar o veterinário, pois somente ele sabe a melhor maneira de vacinar seu animal de estimação!

Fonte do texto: Blog Animal

Fontes das imagens: Corbis Images


Anterior: Raças: Boxer Próximo: Cadeirinha: segurança para seu pet