Tecnologia Ajuda a Encontrar Animais Perdidos

Tecnologia Ajuda a Encontrar Animais Perdidos

A tecnologia pode atuar como uma grande aliada na procura por animais de estimação perdidos. Com ajuda de localização do Google e até reconhecimento facial, os desenvolvedores de aplicativos possuem cada vez mais recursos para criar plataformas que darão um final feliz a estas situações.

cachorro-detetive-instagram

Perder o melhor amiguinho é uma sensação desesperadora. Quem passou por isso sabe a inquietação gerada de não saber como e onde está seu pet, chegando a distribuir panfletos, pedir colaboração geral e até oferecer recompensas. Agora a tecnologia pode ajudar muito mais do que imaginamos, com o desenvolvimento de aplicativos especiais para a procura de nossos animais de estimação.

Conheça algumas destas opções:

Petts

O dono cadastra o local onde o pet foi visto pela última vez e as características físicas (vale colocar uma foto para identificação). Se alguém encontrar um animal dentro desta descrição, basta fazer contato pelo próprio aplicativo. Está disponível apenas para iOS;

Pin My Pet

Com uma placa que contém o perfil do pet no app fornecida pela empresa, o dono acopla à coleira do animal de estimação, servindo como identidade. Ao apertar, “Perdi Meu Pet” a Pin My Pet dispara automaticamente cartazes em redes sociais. O preço da tag (plaquinha) é R$ 24,90 e ajuda também a manter o histórico geral armazenado, como vacinação, datas de banho, entre outros. Compatível com Android;

Procura-se um Cachorro

Utiliza um sistema de mapas e localização do Google para sinalizar animais perdidos e encontrados, disponibilizando alertas a cada informação processada que possa ajudar o dono a encontrar seu cachorro. Funciona dentro de um raio de 3 quilômetros a partir do aplicativo. Gratuito e disponível apenas para iOS;

TagMyPets

Os desenvolvedores curitibanos também estão focados nesta causa. Com um sistema de buscas online é possível marcar o local onde o animal foi perdido ou encontrado, através de um mapa interativo e em tempo real. Gratuito e disponível para Android;

Pedigree Found

Este é para quem está fora do país. Desenvolvido na Nova Zelândia, seu funcionamento é similar aos outros aplicativos citados, com divulgação do “procura-se” em toda a área próxima aos locais onde o pet costumava circular com atualização em tempo real;

Crowdpet

Ainda é um projeto piloto na cidade de Campinas, interior de São Paulo, mas pretende utilizar os recursos de reconhecimento facial para localização. A ideia é cadastrar a fotografia de animais encontrados e perdidos para que o aplicativo analise as similaridades de face, tipo, cor, pelagem, aspectos corporais, etc., e os resultados prováveis são apresentados ao usuário.

Todas estas plataformas precisam de um agente fundamental: a solidariedade. Apesar dos inúmeros estudos e esforços, é preciso que as pessoas estejam dispostas a tirar uma foto ou pelo menos comunicar pelos aplicativos quando encontram animais perdidos, atitude simples e muito compensadora para o mundo.

 

cao_abandonado_630

 

[box type=”info”] Lembramos da importância de deixar seu amiguinho sempre em proteção e com uma plaquinha de identidade, facilitando de forma considerável a busca.[/box]

 

Referência de Imagens;
Cachorro Detetive, Cachorrinho Perdido

Principais Fontes de Pesquisa:
DCI, Razões para Acreditar, Uol Notícias, RevistaPEGN


Anterior: Austrália proíbe produtos testados em animais Próximo: Animais Podem Fazer Doação de Sangue