Tabu: Papagaios podem ou não ser criados em casa?

Tabu: Papagaios podem ou não ser criados em casa?

De penas verdes e amarelas, bico preto e muito carismáticos. Os papagaios são internacionalmente conhecidos por sua capacidade de decorar, imitar e reproduzir palavras. Seu curioso dom e beleza inigualável tornou desta ave um objeto de cobiça, ilegalidade e até ameaça a sua espécie.

Embora os papagaios vivam em topo das árvores ou em troncos velho de florestas tropicais brasileiras (Amazônia), e também na Argentina e Bolívia, muitas pessoas almejam ter esses bichinhos em casa.

Papagaios e outros animais silvestres e selvagens jamais deveriam ser retirados da natureza, mas se houver o interesse, recomendamos as pessoas que, em primeiro lugar, tenham espaço para que possam permitir que essa ave viva o mais próximo possível de seu habitat natural”, explicou a veterinária Thaís Martins Luvisotto.

Ainda segundo a veterinária, apenas aves registradas podem ser criadas em casa.”O correto é procurar criadouros legalizados pelo IBAMA. Como são aves que já nascem em cativeiro, elas são anilhadas com o número do registro e recebem toda a documentação necessária”, completou.

Não é possível, hoje, quem já tem um papagaio, legalizá-lo. Por isso, deve se pensar duas vezes antes de tirar um animal deste de seu habitat. “ Não há restrição sobre a criação deste animal, mas seria bom se todos fossem mais conscientes que, animais desse tipo nunca deveriam ter sido retirados da natureza”, esclareceu Thaís.

Para quem estiver interessado em ter ou para quem já possui um Papagaio, Thaís Martins Luvisotto, recomenda: Papagaios são aves muito ativas e precisam ficar ocupadas o tempo todo para não se estressarem, e para isso elas devem ficar em viveiros (e não gaiolas) bem grandes e confortáveis, terem muitos brinquedos e alimentos próprios e de boa qualidade.

Embora muita gente não saiba, mas assim, como para cães e gatos , existem algumas marcas de “ração” para papagaios e psitacídeos em geral (como araras e maritacas, por exemplo). Claro que isso não substitui a dieta com frutas e outros alimentos.

O registro completo do IBAMA com informações sobre animais silvestres e as documentações para os registros pode ser encontrado em: http://www.ibama.gov.br/fauna/animais.php


Anterior: Bem-vindo ao Meu Amigo Pet! Próximo: Traiçoeiros? Acho que não!