Pessimista ou otimista?

Muitos donos de cachorro juram que o seu pet tem uma personalidade própria, ainda que alguns duvidem. No entanto, um estudo recente, conduzido pelo professor Mike Mendl, presidente do departamento de bem-estar e comportamento animal da Universidade de Bristol, revelou que podem haver cachorros mais pessimistas e outros mais otimistas.

A pesquisa, publicada na revista Current Biology, analisou a psicologia canina por meio da alimentação. Para isso, os pesquisadores espalharam tigelas com comida e outras vazias por um quarto. A pesquisa concluiu, com os 24 cães de dois centros do Reino Unido, que os cachorros mais otimistas corriam animados para os pratos na expectativa de encontrar comida, mesmo que a tigela estivesse vazia, enquanto os cachorros mais pessimistas hesitavam ou andavam mais devagar.

De acordo com o levantamento, o temperamento dos cachorros está relacionado com seu comportamento quando separados de seus donos. Enquanto os cachorros mais otimistas se mostraram mais tranquilos e calmos longe de seus donos, os cães mais pessimistas demonstraram-se mais preocupados e com tendências a se comportar mal, ou mesmo latir na ausência dos donos.

Otimista ou pessimista, todo cachorro necessita decomida, cuidados com higiene e saúde e muito amor para viver bem. Não se esqueça que brincar com o seu pet faz bem à saúde dele e o deixa mais feliz. Aproveite nossas ofertas de brinquedos do Meu Amigo Pet e deixe seu cãozinho ainda mais bem cuidado!


Anterior: O amor custa caro! Próximo: Dicas para trocar a caixinha de areia de seu gato