Meu pet enjoou da ração, e agora?

Meu pet enjoou da ração, e agora?

Vemos muitos petmaníacos falando que seu animal enjoou da ração e que não sabem o que fazer para ele voltar a comer. Antes de sugerir uma solução, é importante frisar que os pets não sentem a necessidade inata de variar o cardápio. Isso é um comportamento humano, que foi repassado ao animal. Sabendo desse fato, se o seu pet continua tendo problemas de alimentação, é importante entender por que isso está acontecendo isso.

O local e o ambiente social podem influenciar. Evite deixar a ração muito próxima dos locais onde eles fazem as necessidades. Quem está servindo a comidinha deve ser alguém conhecido, já que pets reagem melhor com familiares com quem já estão habituados. Esses hábitos podem melhorar a alimentação e fazer seu pet aceitar o alimento voluntariamente.

No caso de cães, estipular um horário certo para servir a ração e deixar a vasilha por cerca de 30 minutos, independente do animal ter comido ou não, pode ajudar a disciplinar o cão, além de manter a ração com a crocância e aroma ideais, fazendo o cachorro se interessar pelo alimento.

O cuidado com a iluminação, no caso de gatos, pode ser um fator determinante. Gatos precisam do ciclo claro e escuro dosados e isso reflete na alimentação.

Os donos podem oferecer petiscos e guloseimas para seus animais como estímulo positivo, mas a ração deve ser escolhida e mantida de acordo com a necessidade do animal, já que diferentes animais precisam de rações diferentes. Por isso, é importante consultar um veterinário para saber o tipo de alimento ideal que o seu animal precisa e seguir as dicas acima para que ele se habitue com a ração certa.

Depois de descobrir qual é a ração necessária e adequada para seu bichinho, basta comprá-la no site do Meu Amigo Pet!

Fonte: PetMag


Anterior: Raças: Van Turco Próximo: Pet rechonchudo: como tratar a obesidade animal