Maior parte dos britânicos alimentam pets com comida

Uma pesquisa realizada no Reino Unido apontou que 72% dos britânicos alimentam seus pets com comida, ao invés de ração. O “mimo” feito por eles, além de fazer mal aos animais, tem aumentado consideravelmente o número de cães e gatos acima de seu peso.

Dentre alguns “mimos” do cardápio estão pizza, batata frita, lasanha e até frango frito. Apesar de serem delícias aos humanos, os alimentos não se enquadram na dieta dos pets e podem trazer muitos malefícios à saúde dos mesmos. De acordo com o estudo, os pets que consomem comida têm uma dieta com até 30 mil calorias a mais que a de um animal saudável.

A obesidade animal é uma doença muito séria, que tem atingido pets de todo o mundo. (Leia mais sobre obesidade animal). Apesar da carinha pidona dos pets cortar o coração dos donos, a ração foi criada para compor uma dieta saudável e melhorar a qualidade de vida dos cães e gatos.

Algumas frutas (menos as ácidas), legumes, arroz e peito de frango sem osso e sem tempero são alguns dos alimentos permitidos. Mas, lembre-se: a comida só é permitida com a supervisão de um veterinário.

Então, da próxima vez que se deparar com uma carinha pidona, lembre-se que a ração é o melhor para a saúde do seu pet.

As melhores e mais conceituadas marcas de ração para cães e gatos, você encontra no site do Meu Amigo Pet. Confira!

Fonte: Petmag


Anterior: Raças: Poodle Próximo: Camaleão de estimação