Gripe pode ser transmitida do dono para o pet?

Gripe pode ser transmitida do dono para o pet?

Neste tempo frio é comum pegarmos um resfriado por causa de ambientes fechados, a mudança brusca de temperatura e por aí vai… mas a pergunta que não quer calar é: afinal, eu posso passar gripe para meu pet ou o contrário?

 

frio

 

A resposta é não!

Os pets podem realmente ficar resfriados, porém a causa não será a transmissão por seu dono, assim como será muito improvável o inverso. Assim como nós, os animais podem transmitir de um para o outro, principalmente quando o cachorro não foi vacinado uma vez ao ano contra Parainfluenza CaninaBordetella, e o gato contra Rinotraqueite, Calicivirus e Clamídia.

Porém, é importante lembrar que, apesar da gripe não ser passada entre você e seu amiguinho pet, há certas doenças e parasitas que infelizmente podem ser transmitidas, como raiva, tuberculose aviária, micoses, leptospirose, entre outras.

 

Prevenção

Ainda assim não queremos que nossos bichanos fiquem gripados, não é mesmo? Então certos cuidados são importantes durante as baixas temperaturas:

  • Evite locais e horários de alta aglomeração de cachorros/gatos, pois eles transmitem de focinho para focinho;
  • Para os gatos é mais importante evitar choque de temperatura e corrente de ar frio, além de diminuir a quantidade de banhos;
  • Bebedouros e comedouros devem ser individuais;
  • Vitaminas aumentam as defesas naturais do bichano, e podem ser fornecidas por cápsulas ou mesmo por uma alimentação completa e balanceada;
  • Vacinação! Procure manter em dia todas as vacinas recomendadas pelo veterinário. É importante não só pela gripe, mas por várias outras doenças.

gripe-gatos

Cuidados para pets gripados

  • Há medicamentos específicos e até antibióticos, indicados por um veterinário, ótimos para combater a gripe;
  • Tenha paciência, porque mantendo os cuidados habituais e o resfriado em cães é auto-limitante, ou seja, a tendência é os sintomas diminuírem entre 2 e 4 dias;
  • Casos que merecem atenção é quando o pet apresenta febre alta. Procure ajuda médica, pois se necessário, o animal poderá ficar internado para cuidados especiais durante este período;
  • Manter a alimentação regular é muito importante, incentivando o apetite com pedacinhos de frango cozido, por exemplo, e rações úmidas que tenham grande valor nutricional;
  • Vaporizador de ar ajudam a manter a umidade da respiração do pet. Se for muito agitado, procure deixar por perto enquanto o bichano dorme.

 

Estas informações foram úteis? Então repasse para seus amigos e conhecidos, porque assim os pets poderão aproveitar muito mais, mesmo quando o tempo estiver friozinho 🙂

 

Referência de Imagens:
Cachorrinho com Gorro e Gatinho com Gorro.


Anterior: Zoológico: Bom ou Ruim para o Animais? (Parte 2) Próximo: Dia Mundial dos Oceanos