Fique atento às lesões em focinho e orelhas do seu pet

Fique atento às lesões em focinho e orelhas do seu pet


Vocês já ouviram falar de Leishmaniose Visceral Canina (LVC)? É uma doença infecciosa, não-contagiosa, transmitida pelo protozoário Leishmania, por meio da picada do “mosquito palha”, contaminado com o parasita que afeta animais silvestres e domésticos, como cães e gatos.

Cachorros domésticos são os principais hospedeiros desse protozoário. É importante frisar que o único modo de contaminação é pela picada do mosquito contaminado, portanto, mordidas ou lambidas dos cães não oferecem risco, embora exista o risco de contágio caso um humano receba a picada do mosquito.


Essa doença pode trazer problemas irreversíveis para o cão, tornando necessário ficar atento aos sintomas, que podem ser: emagrecimento repentino; perda de pelos; lesões nos focinhos ou orelhas; inflamação nos olhos; crescimento exagerado das unhas; artrites; e comprometimento dos rins, baço e fígado.

Se você suspeita que seu animal possa estar contaminado, procure um veterinário com urgência. Os diagnósticos são feitos por exames laboratoriais especializados, mas o melhor mesmo é evitar o contágio. Mantenha a casinha do seu cãozinho sempre limpa, evite acumúlo de fezes ou resto alimentos e não deixe nada em decomposição por perto do seu pet.

Siga essas dicas essenciais e veja seu amigão se manter saudável por muito tempo!

Fonte: PetMag


Anterior: Raças: Tiffanie Próximo: Como lidar com a agressividade