Fazendo xixi no lugar certo

Quando adotamos um pet novo, existe um tempo de adaptação do animal com a nova casa e com o dono, ainda mais se ele for um filhote, pois precisará de tempo para se acostumar com o ambiente. Com o passar do tempo, uma nova missão estará pela frente: ensinar o seu novo animal de estimação a fazer xixi no lugar certo, uma tarefa que já dá muitos arrepios nos donos de pets só de tocar no assunto.

Sabendo da dificuldade que alguns donos têm com esse assunto, separamos algumas dicas que podem ajudar bastante nesse momento de insegurança. Acompanhe:

Cães com menos de 6 meses ainda não controlam bem os impulsos das necessidades, por isso, podem acontecer acidentes. Não exagere nas brigas, mas seja duro na marcação. Elogie bastante quando ele acertar;

• Se com mais de 7 meses ele continuar errando o local você poderá ter trabalho extra. Ainda mais se o cachorro for macho e estiver levantando a perna para fazer xixi no lugar errado. Você precisará de paciência para ensiná-lo;

• Escolha um único local fixo e não mude ele por nada. Se a casa for muito grande, você pode deixar dois locais marcados, mas nunca mais do que isso! Ou então irá confundir seu cão;

• Prender o cachorro no local até ele fazer o xixi não é uma boa ideia, ele pode ficar assustado e pegar trauma do local escolhido;

• Recompensar ensina mais do que brigar. Essa regra vale muito, muitas vezes brigamos quando eles erram o lugar do banheiro, mas esquecemos de parabenizá-los quando eles acertam. Carinho, colo, brincadeiras e petiscos farão ele perceber que fez alguma cosia certa;

• Existem produtos no nosso site que podem ajudar seu cãozinho a fazer o xixi no lugar certo como o Pipi Dog e o Sanitário Pipi Place e alguns, ajudam até na higienização do seu animal, como os lencinhos umedecidos.

Seguindo essas dicas e prestando atenção no seu animalzinho, esse ensinamento não será difícil. O mais importante é ter a sensibilidade de perceber o que o seu cãozinho está passando e tentar ajudá-lo da melhor maneira possível.

Fonte texto: Bit Cão 

Fonte imagens: Corbis Images 


Anterior: Como evitar brigas entre cães e gatos Próximo: Raças: Shar-pei