Compreenda a compulsividade

Compreenda a compulsividade

Por Malu Araújo, adestradora da equipe Cão Cidadão

A compulsão é um distúrbio que leva o cão a repetir determinado comportamento muitas vezes, sem que haja um motivo aparente. Alguns exemplos de compulsão são: perseguir o rabo, ficar constantemente atrás de sombras, lamber em excesso alguma parte do corpo e até latir demasiadamente.

Alguns dos exemplos citados são comuns entre os cães: os latidos podem indicar alguém no portão e uma lambida na pata pode ser para limpar. Mas, se você suspeita que seu cachorro tenha um comportamento compulsivo, o primeiro passo é fazer uma consulta com um médico veterinário. A compulsão pode surgir por ansiedade, estresse ou uma pré-disposição genética.

Uma ótima maneira de lidar com comportamentos compulsivos é proporcionar ao animalzinho atividade física e mental, como o passeio e bastante enriquecimento ambiental. Ofereça a ele a refeição em brinquedos que estimulem alguma atividade, como a garrafa pet e brinquedos interativos. A convivência e brincadeiras com outros cães no parque ou em uma creche, e as aulas de adestramento também são uma excelente maneira de proporcionar estímulo mental.

Também é comum que a família tenha uma parcela de contribuição para a continuidade do comportamento compulsivo. Sem a intenção de prejudicar, ao tentar interromper o comportamento, o dono chama atenção do cão falando seu nome, ou até mesmo dando uma bronca. Isso pode reforçar, e muito, o comportamento, pois o cão percebe que, ao agir daquela maneira, as pessoas prestam atenção nele, isso faz com que ele continue agindo da mesma forma.

O ideal é direcionar o comportamento do cachorro para alguma atividade. Caso seja necessário dar uma bronca, é preciso que ela seja feita de maneira despersonalizada, ou seja, sem que o cachorro perceba a presença do dono.

Em alguns casos de comportamento compulsivo também é preciso à introdução de medicação para o equilíbrio químico dos neurotransmissores. Por isso, conte sempre com o auxílio de um veterinário e, também, de um especialista em comportamento para lidar com a situação da melhor maneira possível, proporcionando uma melhor qualidade de vida ao seu amigão.

 

Criada por Alexandre Rossi, a Cão Cidadão atua há mais de 10 anos com adestramento e comportamento animal. Oferece adestramento em domicílio, consultas comportamentais, além de uma agenda mensal de cursos e palestras. Tudo isso com muito amor e respeito. Para saber mais sobre a Cão Cidadão, entre em contato com a Central de Atendimento, pelo telefone (11) 3571-8138, ou acesse www.caocidadao.com.br.


Anterior: Pensa em adotar um gatinho? Veja as dicas e seja um dono de primeira viagem bem informado Próximo: Adestramento para animais com deficiência visual