Como lidar com cães ciumentos

Como lidar com cães ciumentos

Por Malu Araújo, adestradora da equipe Cão Cidadão.

Alguns cães apresentam ciúmes dos donos e alguns donos chegam até se orgulhar do que acreditam ser um “amor” enorme. Mas, na verdade, o tal “amor” não é a melhor explicação para esse comportamento, que pode até se tornar perigoso!

O cachorro que não tolera não ter atenção, que late ou que faz alguma coisa errada quando tem visitas em casa, que late enquanto o dono fala ao telefone, que rosna e avança quando alguém passa perto do lugar em que ele está com o dono, na maioria das vezes é dominante e vê o dono como uma propriedade dele. Então, se ele não é o centro das atenções, faz de tudo para ser e, em algumas situações, pode se tornar agressivo.

Esse comportamento não surge de uma hora para outra: pode ter sido influenciado pelo dono, que inconscientemente pode estar recompensando essas atitudes, e também porque o cão não vê ninguém da casa como líder. O cachorro precisa viver em uma hierarquia bem definida e, se ele comandar a casa e decidir quando ele quer brincar ou subir no sofá, se ele ficar pedindo comida e o dono ceder a esses desejos, ele é quem comanda e você obedece. Não se surpreenda se você der uma ordem a ele e ele começar a rosnar ou latir para você.

Bom, se o problema é liderança, então, como resolver? O primeiro passo é entender quais são as atitudes que estão incentivando esse comportamento e eliminá-las. A prevenção é a melhor maneira de evitar que esses comportamentos aconteçam, então, se o seu cão é um filhote, não deixe de sociabilizá-lo bem, apresentando a ele diversas pessoas, barulhos, outros cães. Dessa forma, ele vai sentir prazer nessas situações e sempre as associará a brincadeiras e petiscos.

O filhote só deve receber atenção e carinho quando estiver fazendo algo permitido. Atitudes erradas devem ser ignoradas, para que esses comportamentos não sejam incentivados. Agora, se o seu cachorro é adulto, e já apresenta um ou mais comportamentos de ciúmes, você deve mostrar para ele que não concorda com latidos, rosnados ou qualquer outro comportamento inadequado, interrompendo essas atitudes com uma bronca. Por exemplo, se o cachorro late enquanto você conversa com alguém, você pode usar um borrifador e dar um jatinho nele, para mostrar que não concorda com isso. Quando ele parar, você o elogia e faz carinho.

Se o ciúmes estiver muito intenso, o auxilio de um profissional de comportamento é muito importante!


Anterior: Raças: Pastor Branco Suíço Próximo: Pet Star – Max