Como evitar que os gatos arranhem os móveis?

Por Alexandre Rossi, com colaboração de Tatiane Icitani

Muita gente pensa que ter um gato em casa é sinônimo de ter sofás e armários arranhados e destruídos. Isso não é verdade. No entanto, precisamos entender as necessidades naturais dos bichos, a fim de direcionar seus comportamentos instintivos para atitudes corretas, sem estresse nem para o dono, nem para o animal.

Os felinos têm necessidade de arranhar por vários motivos. O primeiro é bem simples: para afiar as unhas. São animais caçadores, por isso, instintivamente, isso precisa acontecer. Segundo motivo: marcação de objetos. O gato deixa sua marca visual em objetos para demarcar território. Assim, outros gatos que se aproximam, conseguem entender o sinal de alerta. Além disso, o cheiro também fica no objeto. Mais um sinal de que outros felinos precisam ter cautela na aproximação. É interessante observar que a arranhadura por marcação acontece com mais frequência do que por afiar as unhas.

O primeiro passo para tentar direcionar as arranhaduras para um objeto permitido é testar vários tipos de arranhadores. Veja qual é o preferido do seu gato e coloque o arranhador no local mais adequado para ele, onde ele gosta mais. Assim que o bichano se aproximar do arranhador, ele deve ser elogiado e recompensado com petiscos e carinho, por exemplo. Se o gato gostar, pode-se usar a erva do gato (catnip) no arranhador para estimular o interesse pelo objeto. O felino deve sempre estar supervisionado nos locais em que há objetos proibidos.

Para ajudar, o dono pode usar repelentes para objetos de uso veterinário e espirrar o produto nesses objetos proibidos, garantindo que o gato não vai se aproximar deles. Outra estratégia é colocar fita adesiva dupla face nesses objetos para causar um desconforto no gato quando ele tiver a intenção de arranhar o que não deve. Não se deve utilizar punições físicas, como gritos e tapas, para não causar ansiedade no gato e piorar o comportamento.

No caso das arranhaduras serem mais por marcação, devemos observar outros fatores como: aquisição de outro animal ou objetos, mudança de ambiente, mudança de rotina, invasão de outros gatos nas redondezas etc.

Qualquer alteração no ambiente irá estimular o gato a demarcar território. O uso de feromônios em spray ou difusor é bem recomendado para essas ocasiões, diminuindo a arranhadura provocada por estresse.

Consulte sempre um veterinário e um consultor comportamental antes de qualquer atitude, pois o bem-estar do animal deve estar sempre em primeiro lugar.


Anterior: Gatinho de casa nova Próximo: Raças: Lhasa apso