Beijinho que não faz mal

Beijinho que não faz mal

 

Uma pesquisa realizada na Kansas State University revelou que o contato muito próximo, e até mesmo os beijinhos de cachorros em seus donos, não trazem danos a saúde dos humanos. Apesar das controvérsias geradas pelo contato íntimo, o estudo aponta que a lambida não é uma vilã causadora de doenças.

O motivo de tanta discussão na relação entre o amor de cães e proprietários é a bactéria Escherichia coli, grande causadora de infecções intestinais. Mas o estudo apontou que, em sua grande maioria, o micro-organismo encontrado nos seres humanos é mais resistente e, por isso, mais perigoso à saúde do que aqueles encontrados nos cães e suas fezes. Segundo o estudo, em apenas 10% dos casos os pets e donos possuíam a mesma bactéria.

Embora o estudo seja um grande avanço, é recomendável que continue lavando bem as mãos antes de algumas refeição, após entrar em contato com seu pet.

Que ótima notícia, não? Que tal dar uma abraço em seu cachorrinho ou receber uma deliciosa lambida? Ou que tal ainda tirar aquele cochilinho gostoso da tarde com ele?

Muitos beijinhos, carinhos, coceirinhas e lambidas a todos vocês!

Fonte: Jovem Pan UOL 


Anterior: Que tal uma iguana em casa? Próximo: Companhia calma – Como cuidar de sua tartaruga