Animais Cometem Suicídio?

Animais Cometem Suicídio?

Suicídio, afinal, os animais cometem ou não? Esta pergunta é antiga, porém ainda muito intrigante, visto alguns casos misteriosos. Veja com a gente alguns pontos sobre esta questão!

 

suicidio

 

Um tema que divide opiniões: animais cometem suicídio ou não? Derivado do latim “suicidium” ( “sui” = si mesmo + “caedere” = “golpear, bater, matar”), seria possível algum animal, conscientemente tentar tirar a própria vida? Segundo estudiosos, não, e tem explicação.

Segundo Dr. César Ades, da USP, especialista em comportamento animal, “o que ocorre são tentativas de fuga nas quais o animal corre risco de morte, mas não procura morrer”, ou seja, por diversos fatores como estresse, doença, lesão, idade avançada, habitat ou perda de sentido, os animais podem apresentar comportamentos incomuns.

Outro fenômeno observado é o comportamento autoprejudicial. As causas exatas variam caso a caso, mas potenciais fatores incluem nervoso, isolamento, medo, doença, desnutrição e tédio. Pássaros, por exemplo, podem arrancar algumas ou todas as suas penas, deixando-os algumas vezes completamente sem elas antes de começarem a bicar o próprio corpo. Primatas podem morder-se, e cachorros e gatos podem se lamber excessivamente.

Estas ações autodestrutivas acalmam, porém geram um risco para a saúde, ainda mais dependendo de sua gravidade, levando o dono do pet, veterinário ou biólogo a estudar qual a melhor forma de resolver o problema.

Há ainda a possibilidade de infestação no cérebro, como é o caso do parasita Toxoplasma gondii infesta ratos e “desliga” o medo inato que possuem de gatos. Pareceria, em primeira observação que o roedor se colocou em risco de propósito, mas não foi.

 

gato

 

Alguns Mitos sobre Suicídio Animal

Lêmingues – Queda em massa de penhascos, na realidade é consequência da deslocação desordenada em bandos, fazendo os indivíduos caírem do precipício onde vivem, empurrados pelos que vêm atrás;

Escorpiões – Não se matam propositalmente quando estão dentro de um círculo de fogo. A picada do veneno em si mesmo vem da desordenação causada pelo calor. São imunes ao próprio veneno e morrem antes das chamas o atingirem por desidratação;

Louva-a-deus – Depois da cópula o macho tenta escapar rapidamente, mas muitas vezes é devorado pela fêmea, em nome da saúde das crias. Ele não é um “voluntário suicida do amor”!

Baleias – Sair da água não é comum para qualquer animal marinho, então por que as baleias acabam na praia? Os principais fatores são doenças, poluição do mar, ruído de atividades navais ou pesquisas para exploração de petróleo podem gerar uma confusão espacial nas baleias e interferir em sua comunicação;

Gatos – Eles não pulam voluntariamente de uma janela, mas acabam nesta cilada por perseguir alguma borboleta ou pássaros em geral, além do cochilo arriscado em parapeitos.

 

 

Referência de Imagens:
Elefante, Cachorrinho

Principais Fontes de Pesquisa:
Superinteressante, BBC, Ciência HSW

post2_fase2

Quer deixar seu amiguinho mais feliz? Saia para dar umas voltinhas e registre em seu celular com o Pet Passeio!

Baixe nosso Aplicativo, gratuitamente em seu <a href="https://play.google.com/store/apps/details?id=br .meuamigopet.app&hl=pt-br”>Android ou iOS!


Anterior: 20 Animais Ótimos na Yoga Próximo: 10 Animais Muito Inteligentes